jump to navigation

“Até que a morte os separe” maio 31, 2008

Posted by loscarrj in Futebol.
Tags: , , , , , ,
1 comment so far

Tudo que é bom dura pouco. Quem nunca ouviu que o amor é como uma plantinha que deve ser regada todos os dias? Pois bem, calma ai. Este post não é para falar de amor. Muito pelo contrário. Aproveitei este simbolismo para falar do fim do “casamento” entre Flamengo e Nike. O rubro-negro confirmou hoje a assinatura do contrato com seu novo fornecedor de material esportivo e segundo seu presidente fanfarrão, Márcio Braga, este seria o maior valor pago por uma empresa fornecedora de material esportivo na América Latina.

O clube receberá fixo R$ 20,6 milhões por temporada e mais royalties de dez lojas espalhadas pelo Brasil e um museu de 2.400 m². Estima-se que esta verba gere mais R$ 10 milhões por ano, chegando a arrecadar a cifra recorde de R$ 173 milhões nos próximos cinco anos e meio graças ao contrato com a Olympikus.

O contrato com o antigo fornecedor foi rescindido de forma unilateral e o processo corre na Câmara de Comércio Internacional, cuja sede é na França. O Flamengo pretende receber uma multa por falta de cumprimento das cláusulas do contrato, como a entrega adequada do material esportivo. O processo deve demorar cerca de três anos.  A partir do Fla-Flu deste domingo, o Rubro-Negro vai usar seu uniforme desse jeito ai:

Dentro de 60 dias, a coleção com 40 peças do Flamengo estará nas lojas de todo o país.

"Até que a morte os separe" maio 31, 2008

Posted by loscarrj in Futebol.
Tags: , , , , , ,
1 comment so far

Tudo que é bom dura pouco. Quem nunca ouviu que o amor é como uma plantinha que deve ser regada todos os dias? Pois bem, calma ai. Este post não é para falar de amor. Muito pelo contrário. Aproveitei este simbolismo para falar do fim do “casamento” entre Flamengo e Nike. O rubro-negro confirmou hoje a assinatura do contrato com seu novo fornecedor de material esportivo e segundo seu presidente fanfarrão, Márcio Braga, este seria o maior valor pago por uma empresa fornecedora de material esportivo na América Latina.

O clube receberá fixo R$ 20,6 milhões por temporada e mais royalties de dez lojas espalhadas pelo Brasil e um museu de 2.400 m². Estima-se que esta verba gere mais R$ 10 milhões por ano, chegando a arrecadar a cifra recorde de R$ 173 milhões nos próximos cinco anos e meio graças ao contrato com a Olympikus.

O contrato com o antigo fornecedor foi rescindido de forma unilateral e o processo corre na Câmara de Comércio Internacional, cuja sede é na França. O Flamengo pretende receber uma multa por falta de cumprimento das cláusulas do contrato, como a entrega adequada do material esportivo. O processo deve demorar cerca de três anos.  A partir do Fla-Flu deste domingo, o Rubro-Negro vai usar seu uniforme desse jeito ai:

Dentro de 60 dias, a coleção com 40 peças do Flamengo estará nas lojas de todo o país.